Arquivo mensais:março 2009

Android: Torrent Droid é seu “Personal Pirata Móvel”

Aplicações inovadoras para o moderno Sistema Operacional Móvel Android são o que não faltam. A nova é a invenção de um “Personal Pirateator” móvel, que qualquer um poderá embarcar em seu G1 ou qualquer dispositivo com Android: O Torrent Droid?

Como funciona? Ah é uma “mão na roda”

Pense que está passeando por uma livraria de São Paulo e na seção de DVDs descobre uma nova série do seu seriado predileto, ou aquele lançamento de sua banda preferida. É hora de sacar seu celular e disparar uma foto do Código de Barras do Produto orignal (scanear). Pronto, o sistema procurará este dado em um banco de dados e ao identificar o título, com toda a comodidade de um “Pirata”, ira pesquisar em torrents espelhados pela rede o seu produto na versão “genérica”, baixando-a para o disco rígido do computador.

É um estupro à propriedade intelectual!

Eis não se pode censurar o que eu instalo em meu dispositivo móvel (ou pelo menos ainda não se pensou nisso) . As lojas passam a ser muito úteis à medida que “sem códigos de barras”, nada feito com a Aplicação. Já imagino até as grandes livrarias “selando” os códigos dos Cds e Dvds em nítido “ad esperniandum”.

“Hey, garoto, o que você está fazendo tirando fotos deste DVD ??? Pare já com isso!”

O torrent Dorid foi criado por Alex Holmes que já declarou na Web que “se sentirá mal” caso usem seu programinha para fins ilícitos, mas ponderou que se ele não fizesse, alguém iria fazer, e ganhar dinheiro com isso!

Não preciso falar mais nada, assistam este filme de terror!

Digital Media Conference II – Direito Midiático


Foi com gratidão que recebemos o convite do CEO da Corpbusiness, Diogo Pastori, para a cobertura e crítica especializada no II Digital Media Conference ´09, considerado uma das principais conferências sobre novas tendências, Interatividade, Convergência e Marketing Digital, onde “o consumidor está no controle”…

Muito tem-se a discutir sobre o Direito Midiático e até que ponto o consumidor pode ser bisbilhotado nas experiências que tem em comunidades sociais, como twitter, facebook, linkdin, orkut, etc.

Fiz uma análise sobre a opinião dos principais publicitários brasileiros sobre SEO e marketing em novas mídias, em 5 (cinco) posts, os quais publiquei em meu Blog no Imasters:

http://blog.imasters.uol.com.br/josemilagre/2009/03/12/media-digital-1-nomadismo-desitelizacao-sinestesia/

Boa reflexão!