Arquivo mensais:outubro 2011

Agressão à privacidade sem ordem judicial em tempo de cloud computing

Autoridades sempre buscaram formas legais para obtenção de dados de usuários
em provedores de serviços de Internet e telecomunicações sem autorização ou mandado
judicial. Conquanto no Brasil a jurisprudência seja pacífica na indispensabilidade de
ordem judicial (pela inafastabilidade do poder judiciário), já tivemos julgados “escoteiros”
reconhecendo a validade de quebras de sigilo e privacidade sem autorização, porém que
foram reformados em nossos tribunais de segunda instância. Continue lendo

Palestra CNASI 2011: Privacy Office, estratégias e políticas públicas

Em 19/10/2011 palestramos no CNASI, sobre a temática Privacy Office: Novas estratégias e políticas públicas de proteção à privacidade na Internet. Na oportunidade abordamos como novas tecnologias e serviços web estão coletando e utilizando indevidamente informações privadas de usuários, bem como traçamos um mapeamento da responsabilização civil de portais por violação de dados de clientes, como o entendimento dos tribunais. Igualmente, apresentamos o panorama legal sobre proteção de dados pessoais no mundo, enfrentando o ante-projeto em discussão no Brasil. Ao término abordamos perspectivas futuras de proteção à privacidade e o surgimento de novas carreiras como o “Privacy Officer”.

Link: http://www.cnasi.com.br/palestras.php

Participação na ICCyber 2011

Entre 05 e 07 de novembro de 2011, participamos do Iccyber 2011, Conferência Internacional de Perícias em Crimes Cibernéticos, no Centro de Convenções Centro-Sul, em Florianópolis. Na Conferência apresentamos os novos clonadores Logicube e a ferramenta Lace, especializada na recuperação de conteúdo visual em discos e dispositivos, usada no combate à pornografia infantil e outros crimes.