Como montar um serviço de perícia digital

Aviso: Antes de conhecer este negócio, vale ressaltar que os tópicos a seguir não fazem parte de um Plano de Negócio e sim do perfil do ambiente no qual o empreendedor irá vislumbrar uma oportunidade de negócio como a descrita a seguir. O objetivo de todos os tópicos a seguir é desmistificar e dar uma visão geral de como um negócio se posiciona no mercado. Quais as variáveis que mais afetam este tipo de negócio? Como se comportam essas variáveis de mercado? Como levantar as informações necessárias para se tomar a iniciativa de empreender

O sucesso dos seriados investigativos norte-americanos exibidos na TV, como C.S.I., Without a Trace e Cold Case, colocam em evidência o trabalho de perícia digital para a resolução de fraudes e crimes. Embora fictícios, esses programas abordam com alguma fidelidade as técnicas utilizadas pelos peritos da vida real. O aumento da utilização de e-mails, acesso à internet e redes corporativas viabilizou o crescimento de ameaças anônimas, invasão de sites, furto de informações, fraudes financeiras e conduta ilícita de funcionários. A investigação e a eventual resolução destes problemas passam pela contratação de empresas especializadas em perícia digital, que realizam trabalhos de recuperação, coleta e análise de informações e dados.

Os serviços prestados pela empresa abrangem a investigação empresarial, vazamento de informações, espionagem industrial, contraespionagem, violação de marcas e patentes, violação de direitos autorais, roubo de propriedade intelectual e copyright, quebra de contratos, recuperação de evidências, monitoramento de e-mails e chats, análise de celulares, blackberries, PDAs e outros dispositivos móveis, monitoramento de atividades suspeitas, investigação forense digital, divulgação e distribuição de conteúdo impróprio, suporte a processos em litígio, abuso na utilização da internet, violações às políticas internas corporativas e criminalística. O trabalho pode ser realizado no ambiente corporativo do cliente ou em notebooks e dispositivos móveis, por profissionais qualificados com formação tecnológica e jurídica.

Para prestar serviços ao setor público, o perito digital precisa estar habilitado nas comarcas cíveis e trabalhistas da cidade. Deve ainda encaminhar ao juiz um currículo, uma certidão de antecedentes criminais, o diploma de formação e um certificado de não parentesco com juízes. Mais informações sobre a sua viabilidade comercial podem ser obtidas por meio da elaboração de um plano de negócios. Para a construção deste plano, consulte o SEBRAE mais próximo.

Fonte: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ideias/como-montar-um-servico-de-pericia-digital,ad497a51b9105410VgnVCM1000003b74010aRCRD

José Antonio Milagre é perito digital e em informática (11) 7751-1395

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *