Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Desvendando a computação forense: Análise

Esta semana finalizei a leitura do livro “Desvendando a Computação Forense”, da editora Novatec (2011), escrito pelos profissionais Pedro Monteiro da Silva Eleutério e Marcio Pereira Machado. O livro tem uma leitura agradável e tem aproximadamente duzentas páginas, trazendo temas como o cenário dos crimes digitais no Brasil e o processamento dos locais de crimes digitais.

Trata-se de um livro para iniciantes ou profissionais que buscam conhecimentos básicos na área, onde o leitor terá contato com as principais evidências digitais existentes em um crime informático bem como conhecerá como deve ser a apreensão, custódia e exames desta natureza.

O livro deixa a desejar quando o assunto é a forense de dados voláteis ou live analysis, igualmente não ingressando na seara de assuntos relevantes como técnicas anti-forense, data carving, malware analysis. Por outro lado, aborda em um capítulo inteiro o exame em aparelhos de telefonia celular, apresentando ferramentas e hardwares proprietários para tais tarefas.

A obra igualmente finaliza cada capítulo com exercícios práticos e o mais importante, traz um subcapítulo com dicas de quesitação,  ou seja, o que perguntar para os peritos em casos de crimes digitais, algo que nunca havia visto em outros livros e que é fundamental para autoridades policiais e judiciário

Ponto interessante é o capitulo que trata da geração de funções unidirecionais (hash) onde os autores mostram sua prática ao explicarem como o perito pode garantir a integridade de evidencias coletadas por meio da geração de hashs.

O livro, na minha opinião, é o mais completo do Brasil até o momento em termos de modelos de laudos técnicos e relatórios periciais, onde os autores anexam à obra seis modelos de laudos bem elaborados e que certamente muito auxiliará os leitores/profissionais em seus casos reais.

1 comentário em “Desvendando a computação forense: Análise”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima