José Milagre - Perito em Informática, marketing e proteção de dados. Especialista em crimes cibernéticos. Palestrante. Palestras e conscientização Combate a Crimes Digitais - Atendimento em todo o Brasil

(11) 98105-6959

(650) 318-5194

Debate sobre a Nova Lei das Prisões e Medidas Cautelares na AASP

Debate sobre a Nova Lei das Prisões e Medidas Cautelares na AASP

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no google
Google+
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Profossor Luiz Flávio Gomes e José Antonio Milagre

Em 16/06/2011 a AASP (Associação dos Advogados de São Paulo) promoveu um debate sobre a Nova Lei das Prisões e Medidas Cautelares. O evento foi mediado pelo professor Luiz Flávio Gomes, e contou com autores de seu novo livro “Prisão e Medidas Cautelares: Comentários à Lei 12.403 de 04 de maio de 2011”, lançado pela Editora RT. Tive a honra de colaborar no livro do professor LFG “Legislação Criminal Especial” (http://www.rt.com.br/?sub=produto.detalhe&id=39423) e agora, no que tange à Lei 12.403/2011, o professor está abrindo seu Blog (http://www.ipclfg.com.br/category/grupo-de-discussoes/) para o que chamou de “construção de uma cultura jurídica” acerca da nova legislação. Todos podem cooperar com suas experiências práticas sobre tal embrionária Lei. Trata-se de uma iniciativa imperdível. Convido todos os leitores que miliam no direito criminal a particiar. Nossa cooperação está sendo feita, sob o prisma do direito criminal informático. Avante!

Para adquirir o livro “Prisão e Medidas Cautelares: Comentários à Lei 12.403 de 04 de maio de 2011”, acesse http://www.rt.com.br/?sub=produto.detalhe&id=42364

image_pdfimage_print

1 comentário em “Debate sobre a Nova Lei das Prisões e Medidas Cautelares na AASP”

  1. Avatar

    Bom dia,Doutores, sou estudante de direito e estou no 9º período, e quero fazer meu projeto baseado na nova lei de prisão, gostaria de um direcionamentos dos senhores para que tipo de posição eu tenho que tenho que tomar para não fugir do assunto, sem falar que e um assunto que não tem muitos panos pra manga, e poucos doutrinadores se posicionando a respeito do mesmo, espero ansiosa, e desde já agradeço a atenção dos senhores.Bom dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima